Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GrãoaGrão

Um blog onde partilho alguns dos meus textos. Não sendo escritora.

GrãoaGrão

Um blog onde partilho alguns dos meus textos. Não sendo escritora.

17
Fev19

Ressurgente

LBarbosa

Hoje não sou mais capaz,

mas eu tentei. 

Dei a mim mesma a oportunidade de procurar a felicidade.

Só houve lágrimas, dor e agora lembranças.

Tentei não desisitir.

Mas és tu quem pedes. 

Se te amo acima de tudo respeito, 

desisto como uma fraca.

Só espero que te possas dar a oportunidade de ser feliz.

Já que eu nem a minha oportunidade tive.

Tentei tanto. 

Deslizes, erros e saídas infelizes fizeram parte.

Ainda assim não parei.

Cai tanto e entrei num ciclo vicioso que nem me sinto capaz de me levantar.

Deixei de confiar no meu melhor e em mim.

Agora estou ausente de mim e do amor. 

Estou à mercê de um "urgente" resgate da minha pessoa por mim mesma.

A vida deve-me mais e eu a ela.

Mais uma vez e como sempre eu vou resolver.

Embora desta vez eu sinta que não sobrou nada.

Tenho de me ir ressurgindo aos poucos.

Deixaste-me núa e em pedaços, 

como se de um puzzle desorganizado ou uma casa mal arrumada me tratasse .

Fizeste-me confirmar a desacreditação do amor.

Olha o que me dei?

Olha o que me tornei?

Desisto já vazia e perdida.

E aqui parei de tentar.

06
Ago18

Escadas da felicidade

LBarbosa

No cimo do prédio morava a amizade. 

Logo abaixo morava o amor.

Umas escadas os separavam.

Antes de  habitarem o amor,

já haviam habitado a amizade que permanecera.

Perceberam que tinham sido feitos um para o outro.

Assim se juntam os andares de um prédio feliz.

 

17
Mai18

Dissipaste-te com o tempo

LBarbosa

Vou deixar de ouvir-te. Vou deixar de ver-te.

Sei que vou ser mais triste com a cegueira e com o teu silêncio.

Preferia ser ingénua, pensar que no dia seguinte estarias lá.

E tudo voltaria a ser mesmo.

Não era o ideal.

Mas seria o bastante.

Melhor do que o que tenho agora pelo menos.

Só para não suportar este tão grande vazio.

Só para não escutar senão a minha dor.

O mundo precisa de ti.

Mas eu preciso mais.

Só me apetece culpá-lo por te tirar de mim.

Não o desculpo, só o censuro.

 

09
Abr18

Caminhos

LBarbosa

Ao volante do sonho pelas estradas da ilusão.

Pela noite fora, ao luar,

sigo sozinha na esperança do cruzamento de almas.

Sigo pelo amor, pela tua ternura, pelo carinho

de encontrar-te.

 

E se não encontrar?

As estradas servem para ser percorridas,

deixa de haver a deseperança, o desalento.

Viajar pela infinidade de possibilidades,

pela ilusão de poder sequer pensar em amar-te.

Nem que seja uma vez só.

04
Abr18

Faz a tua aposta em mim

LBarbosa

Se pensas que estou a perder a batalha com o tempo, 

és louco.

O tempo é rápido porque tenho medo,

porque espero em demasia.

Estou a apostar tanto em ti.

Tanta expectativa,

espero que possas ver isso.

Faz a tua aposta em mim.

 

Eu quero que saibas

que não ficarei feliz por te ver partir.

Mas vou suster a respiração, 

para que não possa chorar. 

Se partir é o que te faz feliz.

Faz a tua aposta em mim.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D